segunda-feira, 31 de maio de 2010

Texto sobre Ser Mãe - Ótimo!!!!

Olá pessoal! Vou postar aqui um texto que recebi através da minha amiga Helena sobre ser mãe, que adorei e achei que tem muito do que eu penso sobre isso. Gosto de textos poéticos e românticos sobre ser mãe, mas também acho incríveis aqueles que mostram a realidade desse papel que exercemos.
Dêem uma lida e digam o que acharam...


Por MARTA MEDEIROS



Vamos esclarecer alguns pontos sobre mães,ok?


Desconstruir alguns mitos.


Não, não precisa se preocupar.


Não é nada ofensivo, eu também sou mãe...e avó!


Vamos lá:






MÃE É MÃE: mentira !!!


Mãe foi mãe, mas já faz um tempão!


Agora mãe é um monte de coisas:


é atleta, atriz, é superstar.


Mãe agora é pediatra, psicóloga, motorista.


Também é cozinheira e lavadeira.


Pode ser política, até ditadora, não tem outro jeito.


Mãe às vezes também é pai.


Sustenta a casa, toma conta de tudo, está jogando um bolão.


Mãe pode ser irmã: empresta roupa, vai a shows de rock e pra desespero de algumas filhas, entra na briga por um namorado.



Mãe é avó (oba, esse é o meu departamento!):


moderníssima, antenadíssima, não fica mais em cadeira de balanço,


se quiser também namora, trabalha, adora dançar.


Mãe pode ser destaque de escola de samba, guarda de trânsito, campeã de aeróbica, mergulhadora.


Só não é santa, a não ser que você acredite em milagres.


Mãe já foi mãe, agora é mãe também.






MÃE É UMA SÓ: mentira !!!


Sabe por quê?


Claro que sabe!


Toda criança tem uma avó que participa, dá colo, está lá quando é preciso.


De certa forma, tem duas mães.


Tem aquela moça, a babá, que mima, brinca, cuida.


Uma mãe de reserva, que fica no banco, mas tem seus dias de titular.


E outras mulheres que prestam uma ajuda valiosa.


Uma médica que salva uma vida, uma fisioterapeuta que corrige uma deficiência, uma advogada que liberta um inocente, todas são um pouco mães.


Até a maga do feminismo, Camille Paglia, que só conheceu instinto maternal por fotografia, admitiu uma vez que lecionar não deixa de ser uma forma de exercer a maternidade.


O certo então, seria dizer: mãe, todos têm pelo menos uma.


Ser mãe é padecer no paraíso: mentira!


Que paraíso, cara-pálida?


Paraíso é o Taiti, paraíso é a Grécia, é Bora-Bora, onde crianças não entram.


Cara,estamos falando da vida real, que é ótima muitas vezes, e aborrecida outras tantas, vamos combinar.


Quanto a padecer, é bobagem.


Tem coisas muito piores do que acordar de madrugada no inverno pra amamentar o bebê, trocar a fralda e fazer arrotar.


Por exemplo?


Ficar de madrugada esperando o filho ou filha adolescente voltar da festa na casa de um amigo que você nunca ouviu falar, num sítio que você não tem a mínima idéia de onde fica.


Aí a barra é pesada, pode crer...


Maternidade é a missão de toda mulher: mentira !!!


Maternidade não é serviço militar obrigatório, caraca!


Deus nos deu um útero mas o diabo nos deu poder de escolha.


Como já disse o Vinicius: filhos, melhor não tê-los, mas se não tê-los,como sabê-los?


Vinicius era homem e tinha as mesmas dúvidas.


Não tê-los não é o problema, o problema é descartar essa experiência.


Como eu preferi não deixar nada pendente pra a próxima encarnação, vivi e estou vivendo tudo o que eu acho que vale a pena nesta vida mesmo, que é


pequena mas tem bastante espaço.


Mas acredito piamente que uma mulher pode perfeitamente ser feliz sem filhos, assim como uma mãe padrão, dessas que têm umas seis crianças na barra da saia, pode ser feliz sem nunca ter conhecido Paris, sem nunca ter mergulhado no Caribe, sem nunca ter lido um poema de Fernando Pessoa.


É difícil, mas acontece.

Mamãe, eu quero: verdade!


Você pode não querer ser uma, mas não conheço ninguém que não queira a sua.







quinta-feira, 27 de maio de 2010

Só pra eu me achar...rsrs

Pessoal, recebi um email hj sobre um blog que reúne histórias de irmãos gêmeos. E vi uma notinha curiosa que quis copiar e colocar aqui no meu blog só pra eu poder me achar...rsrsrs. Leiam e dêem sua opinião sincera, de preferência puxando o meu saco...rsrsrs. Brincadeira!




“Em muitas religiões africanas a mulher que concebe gêmeos é aplaudida nas ruas, pois a crença deles diz que as almas escolhem a família a que querem pertencer, e as mães de gêmeos são seres iluminados por serem escolhidas por duas ao mesmo tempo.”


O blog Vizinhos de Utero tem várias histórias interessantes. Quem quiser saber mais é só ir lá http://www.vizinhosdeutero.blogspot.com/

Bjs bjs a todos

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Fotos das minhas bonecas sapecas!





Olá pessoal!
Só vim postar fotos das minhas filhotas que estão lindérrimas e muito sapecas, descobrindo o mundo, se supreendendo com mosquinhas e formiguinhas, se divertindo com números de estacionamento, mandando tchaus e beijos para tudo e todos, vestindo meus sapatos e sandálias e reconhecendo doces pra pedir sempre que possível. Elas estão com 1 ano e 8 meses. Fooooooofaaaaassss!!!!! E mamãe aqui corujando, apesar das constantes broncas...rsrsrs.

Bia, vovó e Júlia

Júlia

Júlia, titia Patty, Bia e prima Beatriz

Vovó, Bia, titia Iara e Júlia


Bia fazendo jóinha


As duas sapecando no parquinho!



Bjs a todos!!!!

domingo, 9 de maio de 2010

FELIZ DIA DAS MÃES!!!


Essas fotos foram tiradas hoje!!!!!
Bia, eu e Júlia

sábado, 8 de maio de 2010

Por que ser mãe é especial????


Júlia (5 meses) e eu


Eu e Bia (5 meses)

Oi pessoal! Td bem?

Bom, o dia das mães é amanhã e logicamente todas as mães e não mães acabam pensando sobre a maternidade dado o bombardeio de informações, reportagens, propagandas, anúncios, textos e imagens que nos fazem engolir qdo esse fatídico dia está chegando. Olha, não vou dizer que sou contra nem a favor. Minha mãe por exemplo não liga pro dia das mães, ela acha que mais importante é valorizar a pessoa, no aniversário, do que seu papel de mãe, fora que ela acha extremamente comercial o dia. O que é mesmo! Meu marido que vai trabalhar hoje e amanhã por causa do comércio dos dias das mães não me deixa mentir...rsrs.

Eu, atualmente, tb não to ligando muito, não. Acho que qdo elas começarem a ir na escolinha e fazer aquelas homenagens bonitinhas, aí sim eu vou gostar... aliás provavelmente eu vou amaaaaaaaaarrrr!!!

Mas estive pensando sobre ser mãe e o qto isso é especial. Tem gente que discorda, mas eu acho que ser mãe é muuuuuuuuiiiiiitttttoooooo especial, pelo menos é pra mim. Isso porque eu acho que ser mãe mudou minha vida, minhas perspectivas, meu jeito, meus objetivos, meu mundo mesmo. Eu acho que ser mãe me deu um medo que eu não tinha, de fazer errado, mas ao mesmo tempo me deu uma coragem incrível de não desistir, de sempre ir em frente. Antes eu pensava que correr, seria a melhor maneira, hoje eu sei que não posso correr, tenho que enfrentar, tenho que lutar... Ser mãe me deu mais um pouco de direito de ser louca, de ser alegre, de brincar. Não que eu não fizesse e fosse tudo isso, mas me deu mais um aval...rsrs. Ser mãe também me deu novas habilidades, vontade de aprender mais. Ser mãe é muito melhor que ser filha, porque qdo a gente é filha, a gente não percebe o qto a nossa vida está ligada a alguém, o qto esse alguém se esforça por nós, a gente se preocupa apenas em ter nossos sonhos atendidos. Mas qdo se é mãe a gente tem uma consciência frequente, constante, do qto nós precisamos estar ali, do qto é linda essa relação... Eu todos os dias xingo várias coisas do que minhas filhas fazem, e todos os dias também agradeço a Deus por elas estarem bem e existirem na minha vida. Às vezes, me penso numa vida sem elas e tomo um susto, querendo dissipar esse pensamento rapidamente, porque eu seria mais triste assim. E outra coisa importante em ser mãe, é que tudo faz sentido, mesmo nos piores dias, qdo suas filhas dão um sorrisão pra vc, ou te beijam ou ainda pedem um carinho. Nesses momentos vc se lembra que reclamar não adianta e que tudo tem seu propósito. Nesses momentos, vc acredita que a sua vida tem um propósito!

Lembro de uma frase famosa de um herói famoso dos quadrinhos que diz: "Ser herói é ter muitas responsabilidades..." e eu digo "Ser mãe é ter muitas responsabilidades, mas depois que a gente sabe como é, não consegue mais deixar essa vida..."

FELIZ DIA DAS MÃES!!!
AMO VCS MINHAS FILHAS!!!



Nós três !!!
(essa data da foto está errada)